Ghost Logo

Ghost Logo Ghost é uma plataforma de blog alternativa ao WordPress. Ele foi criado sob a licença do MIT e é de código aberto. Seu fundador é John O’Nolan, que teve como objetivo criar um formato conveniente para hospedar blogs pessoais simples e textos estruturados profissionais. O site foi lançado em outubro de 2013.

Significado e história

O recurso foi concebido como um contraponto à plataforma WordPress, uma vez que o idealizador ideológico do Ghost estava ali anteriormente listado em uma das posições de liderança. Mas ele ficou desencantado com as capacidades de um grande serviço e decidiu criar algo mais fácil para hospedar conteúdo de texto. Para isso, John O’Nolan convidou Hannah Wolfe a cooperar. Trabalhando juntos, eles formaram uma estrutura sem fins lucrativos chamada Ghost Foundation, por meio da qual lideram a administração principal.

Os fundos para o novo site foram coletados usando o método de crowdfunding, então o acesso a ele foi primeiro fornecido para aqueles que doaram dinheiro. A quantia necessária foi coletada muito rapidamente – literalmente em 11 horas. Como resultado, em setembro de 2013, teve início o lançamento da primeira versão, chamada Kerouac. Esta foi uma opção inicial para um grupo limitado de apoiadores. Quando o teste foi concluído, o serviço tornou-se aberto a uma ampla gama de usuários. Este evento ocorreu em outubro do mesmo ano.

O logotipo da plataforma de blog foi criado paralelamente ao recurso e apareceu simultaneamente a ele, formando um rosto reconhecível. Ele exigia não menos atenção do que o próprio serviço, já que os desenvolvedores queriam um símbolo harmonioso que refletisse a direção básica. Seu autor e detentor dos direitos autorais é a Ghost Foundation.

A marca registrada do serviço de texto vai ao encontro dos cânones do rigor e da praticidade. Ele enfatiza sua importância com linhas retas, proporções precisas, letras caligráficas. Como é de praxe neste caso, o logotipo é composto por duas partes: texto e gráfico.

Ambos os elementos são dispostos horizontalmente em uma linha. O primeiro é um ícone na forma de listras alternadas de comprimentos diferentes. Esta é a designação tradicional para texto digitado em uma folha. As linhas formam três filas: na parte superior – os traços médios e curtos, no centro – um longo, no inferior – duas idênticas.

Fonte e cores do logotipo

A parte do texto consiste em um título em letras minúsculas. Todos os sinais são impressos. Eles estão a uma distância mínima um do outro e formam uma inscrição “fantasma” bem legível. O segmento superior “s” e a barra transversal “t” são alinhados geometricamente, de modo que coincidem no corte. O resto da inscrição é clássico.

Para a plataforma de blog de texto, os designers escolheram uma fonte tradicional – uma fonte que lembra muito a Times New Roman. A intenção é criar um ambiente familiar para quem escreve, porque essa fonte é usada por padrão no Word. Há também outra versão criada pelo designer Mackey Saturday.

A cor do logotipo depende do fundo (alguns elementos). O esquema geralmente usa uma combinação de tons de cinza: cinza – para o sinal gráfico à esquerda, grafite escuro – para a palavra “fantasma”, cinza claro – para o substrato. Mas existem opções com palavras brancas ou com fundo branco.